Humberto do Maracanã ecoa no Plenário da Câmara dos Deputados

“Aqui quem cantou foi Humberto do Maracanã que é uma lenda agora, nos deixou, chamado Guriatã. Tem uma gravação muito bonita agora dele com a Bethânia que a gente se empolga toda vez que ouve. Como bom maranhense eu trago esse hino aqui guardado porque sempre aonde eu estou, mato saudades, passo para os amigos e torno esse folclore conhecido em todo o Brasil.

Quero fazer minha homenagem a três grandes amigos que eu tenho no Boi. Tenho vários amigos, mas eu quero em nome desses amigos saudar todos.
1- O Chagas, cantador do boi da Maioba. O grande Batalhão da Maioba que estremece mesmo o chão do Maranhão no mês de Junho;
2- A Helena Leite, que promove o nosso folclore de uma maneira brilhante. Uma grande jornalista;
3- O Godão, que leva o Maranhão com seu Boizinho Barrica para o mundo inteiro, principalmente na Alemanha e em toda Europa.

Quero ressaltar que o Bumba-meu-boi, que teve uma história triste no começo porque veio lá das senzalas, mas foi se firmando como cultura e hoje é o nosso ponto forte. Hoje não só canta quem é da senzala, como quem é da casa grande também canta. Pois, sem o boi, a gente perderia a nossa identidade”.

Anúncios