Seduc promove capacitação de futuros profissionais da educação em Balsas

Deixe um comentário

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc), por meio do Núcleo Tecnológico de Educação de Balsas (NTE), em parceria com o Departamento de Letras do Centro de Estudos Superiores de Balsas (Cesba), promove a capacitação de acadêmicos para operar o programa Linux Educacional presente nos laboratórios das escolas da rede estadual de ensino.

O curso tem como objetivo contribuir para a inclusão digital dos futuros profissionais da educação, buscando familiarizar, motivar e preparar para a utilização dos recursos e serviços mais usuais dos computadores (sistema operacional Linux Educacional e softwares livres) e da internet.

Direcionada aos acadêmicos da unidade regional de Balsas, a capacitação possibilitará a formação tecnológica dos profissionais do futuro. Por meio do curso, os alunos poderão refletir sobre o impacto do uso das tecnologias digitais nos diversos aspectos da vida, da sociedade e de sua prática pedagógica.

O curso, de acordo com os organizadores, também busca estimular a reflexão sobre o porquê e para quê utilizar as novas tecnologias, oferecendo instrumentos tecnológicos como meios para desenvolver atividades significativas e refletir sobre diversos temas que fazem parte da prática docente.

Data: 07/06/2013
Fonte: ASCOM/SEDUC

Anúncios

Seduc capacita gestores de escolas

Deixe um comentário

002201Para fortalecer ações conjuntas em busca da melhoria da qualidade do ensino em todas as escolas na rede estadual, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), por intermédio da Superintendência de Administração de Recursos Humanos (Sarh), iniciou, nesta segunda-feira (29), o curso de formação para gestores escolares.

Com a participação das Secretarias-Adjuntas de Ensino (Sae), Projetos Especiais (Sape), Suporte ao Sistema de Ensino (Sasse) e Unidade Gestora de Atividade Meio (Ugam), a formação, também, objetiva informar e atualizar os profissionais da educação sobre atividades educativas, programas e projetos, bem como, aproximar a Seduc dos gestores de escolas da rede pública estadual de ensino.

002198Representando o secretário de Educação, Pedro Fernandes, o assessor especial, Carlos Sampaio, ressaltou que a formação continuada dos profissionais é uma das metas estratégicas traçadas pela Seduc, na busca da qualidade no ensino público. “A formação de todos os profissionais da educação faz parte do plano de ações estratégicas da secretaria, com objetivo de oferecer a todos os maranhenses uma educação de qualidade. Representa, ainda, um momento importante para aproximar a secretaria do gestor escolar, do aluno, do professor e de todos os atores que estão envolvidos no processo educativo”, enfatizou.

Para a secretária-adjunta de Ensino, Leuzinete Pereira, “o momento de formação é extremamente especial para rever caminhos, reconduzir ações, ouvir professores, gestores e alunos, com a finalidade de conduzir de forma eficiente e eficaz o processo de ensino-aprendizagem”. “A educação deve ser uma política de estado que possibilite acesso, permanência e qualidade a todos os maranhenses”, observou.

002199

Adjunta de Ensino Leuzinete Pereira destaca importância da formação para o processo de ensino

FORMAÇAO

Dentre os assuntos abordados na formação destacam-se a gestão democrática; política de oferta do ensino Médio e Fundamental; gestão inclusiva; legislação complementar do ensino ao currículo escolar; educação de jovens e adultos; prestação de contas; inspeção escolar; dentre outros.

Para Bruna Borsoi, superintendente de Recursos Humanos da Seduc, a capacitação contribui para que gestores realizem suas atividades com mais eficiência. “É importante que os gestores estejam sempre reciclando seus conhecimentos, adquirindo informações para que possam desempenhar suas atividades com mais eficiência”, disse.

002200

Supervisora de Gestão Escolar da Seduc, Sílvia Leda, fala aos gestores escolares

“A formação continuada e o planejamento são de suma importância para a educação. Esse momento possibilita, também, a aproximação da Seduc de quem está na ponta (a escola) fazendo educação. É um momento de cooperação e colaboração de todos para que o protagonista, o aluno, seja o beneficiado e com isso os resultados positivos da educação sejam alcançados”, destacou o gestor Jeferson Plácido, da UI Lúcia Chaves, localizada na Vila Esperança.

Suely Mendes Guterres, gestora da UI Felipe Conduru, ressaltou a importância da formação para ampliar conhecimentos. “Trata-se de um momento ímpar, propício para que o gestor adquira novos conhecimentos e com eles novas oportunidades”, declarou.

O encontro de formação para gestores escolares termina, nesta terça-feira (30), e está acontecendo no auditório da Sarh/Seduc, na avenida Getúlio Vargas, no bairro Monte Castelo, em São Luís.

Fotos/Orcenil Jr

Data: 29/04/2013

Fonte: ASCOM / SEDUC MA

Seduc capacita professores de 89 municípios para correção de fluxo

Deixe um comentário

002188Coordenadores, supervisores e professores de 89 municípios maranhenses, que irão trabalhar nos programas de correção de fluxo “Se Liga” e “Acelera Brasil”, iniciaram, nesta terça-feira (23), no Praia Mar Hotel, em São Luís, a Formação em Correção de Fluxo.

Esta é a 2ª etapa da formação promovida pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc), em parceria com o Instituto Ayrton Senna (IAS). A primeira fase iniciou na semana passada. O evento está programado para acontecer até esta sexta-feira (26).

Ao participar da abertura do encontro, o secretário Pedro Fernandes destacou a importância da realização da capacitação ao contribuir para o alcance de duas das metas estratégicas definidas pela Seduc para reverter os índices educacionais do Maranhão.

“A formação de professores em correção de fluxo irá contribuir para diminuir o analfabetismo e melhorar do nível de aprendizado nas escolas, valorizando, ainda, nossos maiores parceiros, que são os professores”, revelou o secretário.

Com a capacitação dos 950 professores, que estão participando da formação, será possível atender mais de 16 mil alunos de 89 municípios. Através do programa “Se Liga”, a Seduc atenderá mais de 11 mil alunos não alfabetizados, na faixa etária de 9 a 14 anos. Já o “Acelera Brasil” beneficiará mais de quatro mil alunos alfabetizados, mas que se encontram com distorção idade-série.

Dentre os princípios e filosofia dos programas estão a confiança na capacidade do aluno; elevação da auto-estima de alunos e professores; desenvolvimento intensivo dos conteúdos básicos das quatro primeiras séries; oferecimento de um conjunto de habilidades importantes para o sucesso na escola e na vida; uso dos instrumentos básicos da matemática em situações concretas do dia a dia e o planejamento e avaliação do próprio desempenho nas tarefas escolares.

Segundo Rita de Cassia Paulon, gerente de projetos do Instituto Ayrton Senna, “o crescimento do aluno e seu melhor desempenho é o foco da capacitação. Somente diminuindo os níveis de analfabetismo e distorção idade-série poderemos pensar em uma escola melhor, que prepare o estudante para ser um cidadão pleno de direitos e oportunidades”, apontou.

No mesmo sentido, a supervisora de Programas Especiais da Seduc, Ana Karolina Salomão, destacou a parceria firmada entre a secretaria e os municípios possibilitará a melhoria dos indicadores de ensino-aprendizagem. “Essa parceria é fundamental para a melhoria do ensino público em todas as suas esferas, contribuindo para a melhoria dos índices educacionais do Maranhão”, enfatizou.

Data: 23/04/2013

Fonte: ASCOM – SEDUC MA

Secid capacitará representantes para habitação

Deixe um comentário

A Secretaria de Estado das Cidades (Secid) iniciará, amanhã, no auditório do órgão, uma oficina de capacitação para a construção dos Planos Locais de Habitação de Interesse Social (PLHIS). Participarão representantes dos 71 municípios contemplados com a ação. O encerramento será na quarta-feira (25).
Segundo o secretário de Estado de Cidades e Desenvolvimento Urbano, Pedro Fernandes, a ação permitirá um diagnóstico atualizado sobre as reais carências de moradias nas várias regiões maranhenses, por meio de uma estratégia de ação que produzirá conhecimento. A Secid passará a atuar de maneira planejada, de acordo com as necessidades locais.

Os municípios serão divididos em cinco regiões e as oficinas serão realizadas em cada uma delas. A primeira acontecerá em São Luís e envolverá os municípios de Axixá, Bacabeira, Bacurituba, Cachoeira Grande, Cajapió, Morros, Nina Rodrigues, Palmeirândia, Paulino Neves, Presidente Juscelino, Presidente Vargas, Primeira Cruz, Santo Amaro do Maranhão e São Vicente de Férrer.

De acordo com convênio assinado entre o Governo do Estado e Ministério das Cidades e Caixa Econômica Federal, a Secid contratou, em 2010, uma empresa para elaboração do PEHIS, que é exigido para se ter acesso a recursos federais destinados à produção habitacional, a partir de 2012. Paralelamente a essa ação, a empresa capacitará os representantes dos municípios para a construção dos planos.

Matéria: Jornal O Estado do Maranhão