Seduc e Pnud encerram cooperação técnica com sucesso

Deixe um comentário

Com a realização de um balanço das ações desenvolvidas e apresentação de resultados que irão se refletir na melhoria da qualidade da educação ofertada na rede estadual de ensino do Maranhão, foi encerrado, nesta quarta-feira (26), o projeto de cooperação técnica firmado entre Governo do Estado, Ministério da Educação (MEC) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud).

Estiveram presentes à solenidade o secretário de Educação, Pedro Fernandes; os consultores do Pnud, Francisco Xavier e Liliane Machiorato; além de técnicos, supervisores e demais lideranças da Seduc.

Os consultores realizaram um balanço das atividades desenvolvidas na segunda etapa do acordo de cooperação técnica, destacando o trabalho realizado no sentido de estabelecer padrões mínimos de gestão, infraestrutura e ensino, com foco na oferta do ensino de qualidade aos alunos da rede.

Segundo a coordenadora técnica do Pnud, Liliane Machiorato, os resultados do trabalho desenvolvido no estado foram positivos. “Saímos daqui satisfeitos. Os resultados do trabalho desenvolvido pelos técnicos da Seduc superaram nossas expectativas, e temos a certeza que foi dado início à transformação, que irá gerar a mudança dos índices educacionais do estado”, disse.

Para o consultor Francisco Xavier, os efeitos das ações desenvolvidas em parceria com a secretaria já podem ser observadas. “Há uma clara mudança, sobretudo, na motivação do corpo técnico da Seduc. Os setores que passaram pelo gerenciamento de processos já atuam em busca da excelência na realização de suas ações, deslocando todo o seu esforço em prol da entrega de uma educação de qualidade aos estudantes”, afirmou.

Mais ensino

A conclusão dessa etapa deixa como legado à secretaria as Diretrizes Curriculares Estaduais; o estabelecimento de um grupo de trabalho em gerenciamento de processos e a definição de padrões mínimos de qualidade às escolas, seguindo padrões estruturais de salas, banheiros e laboratórios de todas as escolas da rede, ações que conjuntamente compõem o Programa Mais Ensino.

Ao encerrar o encontro, o secretário Pedro Fernandes agradeceu a equipe do Pnud, ressaltando o trabalho desenvolvido pelos técnicos da Seduc envolvidos na ação. “Agradeço o trabalho valoroso da equipe do Pnud pela educação do Maranhão. Vamos lutar para que o legado dessa parceria continue. Ficou claro que ainda há muito a realizar, mas estamos no caminho certo rumo a melhoria dos nossos índices educacionais”, observou.

O secretário de Educação destacou, ainda, um dos avanços alcançados pela Seduc. “O grande legado da parceria com o Pnud foi o estabelecimento e o início do trabalho das Diretrizes Curriculares, documento estratégico na definição dos projetos pedagógicos das escolas e dos planos de atividades docentes, que representam os padrões mínimos para a oferta de uma educação de qualidade a toda nossa rede”, pontuou.
Data: 26/03/2014
Fonte: ASCOM – SEDUC MA

Anúncios

PNUD avalia implantação das diretrizes curriculares no Maranhão

Deixe um comentário

Secretário Pedro Fernandes reunido com a coordenadora do PNUD, Liliane Marchiorato, com a presença de adjuntos e técnicos da Seduc

Secretário Pedro Fernandes reunido com a coordenadora do PNUD, Liliane Marchiorato, com a presença de adjuntos e técnicos da Seduc

A capacitação de técnicos das Unidades Regionais de Educação (UREs) para a implantação das diretrizes curriculares foi discutida em uma reunião entre o Secretário de Estado de Educação, Pedro Fernandes, secretários-adjuntos e técnicos da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) com a coordenadora do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), Liliane Marchiorato. A implantação das diretrizes é o objetivo de um projeto de cooperação técnica entre o Maranhão e o PNUD, e tem como finalidade aperfeiçoar o processo de ensino e aprendizagem e melhorar os índices educacionais do estado.

Esta semana, a coordenadora do PNUD ministrou a capacitação para um grupo de especialistas de diversas disciplinas. A partir do mês de março, eles atuarão como multiplicadores nas Unidades Regionais de Educação, para habilitar os professores da rede estadual na elaboração dos planos de ensino de cada disciplina, de acordo com as diretrizes curriculares.

O secretário Pedro Fernandes ressaltou que a capacitação dos professores é um dos passos mais importantes nesse processo e que implantar as diretrizes é fundamental para efetivar a educação com qualidade. “As diretrizes curriculares são o grande passo, a grande conquista nossa pra melhorar a educação do Maranhão. Elas vão padronizar a oferta de ensino, garantindo maior equidade de conteúdos e oportunidades aos alunos”, afirma.

A coordenadora técnica do PNUD explica que com as diretrizes curriculares será implantado um padrão básico de aprendizagem, e que a partir da capacitação dos professores esse método será aplicado diretamente no processo pedagógico. “Nós conseguimos dar um avanço muito grande nas atividades, o pessoal realmente está fazendo os encaminhamentos necessários e com isso a gente consegue chegar mais próximo da escola”, declara.

Liliana Marchiorato também elogia o empenho da Seduc nesse processo. “Eu vejo que hoje a secretaria tem um entendimento melhor da importância da implantação de padrão básico e esse entendimento facilita a execução do trabalho, então eu vejo que daqui pra frente a gente só tende a avançar”.

Capacitação dos professores

A capacitação dos professores para a implementação das diretrizes curriculares nas escolas será realizada a partir do mês de março, nas unidades regionais. O trabalho será feito em grupos específicos por disciplina e série. Segundo a secretária-adjunta de Ensino da Seduc, Leuzinete Pereira, na capacitação, os docentes vão conhecer toda a base conceitual e metodológica das diretrizes e as matrizes curriculares de suas disciplinas. A partir daí, eles vão planejar todas as aulas com base nas diretrizes, com as aprendizagens e conteúdos para cada disciplina.

“O professor vai elaborar seu planejamento individual de sala de aula, que é o Plano de Atividade Docente, um conjunto de planos de aula, bimestre a bimestre, com todo o detalhamento das atividades que ele realizará, tudo com base nas diretrizes: os conteúdos por aula, a metodologia, as estratégias que vai utilizar e a forma de avaliar aquele conteúdo”, explica Leuzinete.
Data: 06/03/2014

Fonte: ASCOM/SEDUC
..

PNUD parabeniza Seduc pela busca em transformar a Educação do Maranhão

Deixe um comentário

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) no Brasil enviou ofício ao Secretário de Educação do Estado, Pedro Fernandes, parabenizando-o pelos esforços empreendidos pela Seduc em implantar os padrões básicos de aprendizagem na Rede Estadual de Ensino.

Nas palavras da Coordenadora Geral Projeto MEC/PNUD, Maria Teresa Amaral Fontes, “o caminho já está traçado, agora é cuidar para que o percurso seja mantido” e completou: “cumprimentamos V.Sa. pelo compromisso assumido junto com o PNUD na construção de uma educação de qualidade no Maranhão”.

Leia a íntegra do documento clicando aqui.

Diretrizes curriculares irão melhorar Ideb do Maranhão a partir de 2016

Deixe um comentário

Equipe de consultores do Pnud foi recebida pelo secretário Pedro Fernandes

Equipe de consultores do Pnud foi recebida pelo secretário Pedro Fernandes

A melhoria da qualidade da educação ofertada pelas 1.233 escolas da rede estadual de ensino poderá ser contabilizada no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) do Maranhão a partir de 2016. A previsão foi feita pela oficial de projetos do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) Brasil, Maria Teresa Amaral Fontes que veio a São Luís para participar da capacitação do projeto de implantação das diretrizes curriculares nas escolas da rede estadual de ensino.

A capacitação é uma das ações do acordo de cooperação técnica firmado em setembro de 2011, entre Governo do Estado, Ministério da Educação (MEC) e o PNUD com objetivo de definir ações estratégicas para melhoria da educação no Maranhão, a partir do diagnóstico elaborado pelo órgão da ONU e a equipe técnica da Secretaria de Educação (Seduc).

O projeto de implantação das diretrizes curriculares nas escolas da rede estadual de ensino pela secretaria de Educação vem sendo executado em parceria com a equipe do PNUD desde novembro passado. Trata-se de uma metodologia que foi desenvolvida pela equipe de educação daquele órgão e tem alcançado resultados bastante positivos.

Maria Teresa Amaral, do Pnud, destacou a capacitação promovida pela Seduc para a implantação das diretrizes curriculares na rede estadual de ensino

Maria Teresa Amaral, do Pnud, destacou a capacitação promovida pela Seduc para a implantação das diretrizes curriculares na rede estadual de ensino

Maria Teresa Amaral Fontes acredita que após a implantação do projeto deverão ocorrer mudanças efetivas nos indicadores educacionais do Maranhão, que poderão ser visualizados dentro de anos ou três anos. Embora os projetos educacionais tenham previsão de longo prazo, ela acredita que os resultados poderão ser contabilizados no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) do Maranhão a partir de 2016.

A representante da ONU destacou como exitosa a capacitação promovida pela Seduc para a elaboração, criação e a implantação das diretrizes curriculares na rede estadual de ensino, envolvendo gestores e diretores regionais de educação das 1.233 escolas da rede. Depois de implantadas, as diretrizes do projeto serão monitoradas inicialmente em São Luís e, posteriormente, em todas as escolas da rede.

Segundo ela, o projeto piloto está em fase de testes em São Luís e pela Secretaria Municipal de Educação de Maceió, com o apoio técnico do PNUD. “São dois testes que estamos aplicando no Brasil e, após a definição dos modelos e dos padrões da metodologia ideal, o projeto será replicado em outras cidades do país”, ressaltou.

O acordo de cooperação técnica firmado entre Governo do Estado, Ministério da Educação (MEC) e o PNUD, com o objetivo de definir ações estratégicas para melhoria da educação no Maranhão, na primeira etapa teve como foco a elaboração de produtos, diagnósticos e estudos que foram entregues e hoje são de uso comum na administração central da Seduc.

Nesta segunda etapa o projeto está focado nas salas de aula das escolas para promover uma mudança na qualidade da educação oferta pela rede estadual de ensino e na forma como a educação é gerida no Estado.

PNUD

O PNUD é o órgão da Organização das Nações Unidas (ONU) que tem por objetivo promover o desenvolvimento e eliminar a pobreza no mundo. Entre outras atividades, o PNUD produz relatórios e estudos sobre o desenvolvimento humano sustentável e as condições de vida das populações, bem como executa projetos que contribuam para melhorar essas condições de vida, nos 166 países onde possui representação.

Fotos/Orcenil Jr

Data: 10/02/2014

Fonte: ASCOM/SEDUC

Maranhão inicia nova etapa do projeto de cooperação técnica com o PNUD

Deixe um comentário

DSC03896O Maranhão iniciou, nesta segunda-feira (4), uma nova etapa do projeto de cooperação técnica por intermédio da Secretaria de Educação (Seduc), Ministério da Educação (MEC) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Nessa fase, o foco das ações são escolas de ensino médio da Unidade Regional de Educação de São Luís, que apresentam baixos indicadores educacionais.

Consultora do PNUD, Liliane Machiorato fala do coronograma

Consultora do PNUD, Liliane Machiorato, fala do cronograma

O encontro marcou o início das atividades do projeto e ocorreu no auditório da Secretaria de Cidades, no bairro Monte Castelo, em São Luís, com a presença do secretário de Educação, Pedro Fernandes, secretários adjuntos, superintendentes e supervisores da Seduc, e os consultores do Pnud: Antônio Carlos da Ressurreição Xavier, Luiz Guilherme Sperry Ribas e Liliane Marchiorato.

Nesta terça-feira (5), lideranças da secretaria participaram de capacitação em gerenciamento e implantação de projetos. O evento foi realizado no auditório da Secretaria adjunta de Ensino, localizado no bairro São Francisco. A capacitação foi ministrada pelos consultores do Pnud, tendo como público-alvo a secretária-adjunta de Ensino (SAE), Leuzinete Pereira; a secretária-adjunta de Projetos Especiais, Conceição Andrade; o gestor da Unidade Regional de Educação (URE) de São Luís, Francisco Saraiva Fonseca, além de supervisores e demais lideranças gerenciais ligadas ao ensino.

Leuzinete Pereira informou que a capacitação tem como finalidade a socialização da metodologia de trabalho que será realizado no período, referente ao gerenciamento das ações a ser implantadas.

A consultora Liliane Marchiorato iniciou os trabalhos destacando a relevância do acordo de cooperação técnica Seduc-Mec-Pnud. “A continuidade da parceria poderá proporcionar avanços significativos no gerenciamento e resolução de problemas considerados cruciais para a melhoria da qualidade da educação maranhense”, ressaltou.

Ela explica que a atual fase do acordo de cooperação técnica tem como objetivos o estabelecimento e implantação de padrões mínimos para a organização do trabalho pedagógico das escolas, maior eficiência no gerenciamento de processos e melhoria da rede física das escolas de ensino médio da rede estadual de ensino do Maranhão.

Cronograma

Segundo o consultor Antônio Carlos Xavier, as ações do projeto terão duração de seis meses, divididos em duas etapas, com previsão de conclusão em abril de 2014. “Na primeira etapa, que vai até o fim de janeiro de 2014, será realizado estudo das diretrizes curriculares do ensino fundamental e médio da rede estadual; implantação de novo modelo de gerenciamento de processos com foco na qualidade na SAE e na URE São Luís; e a elaboração dos planos de adequação física das escolas da URE São Luís com menores IDEB’s, baseado nos padrões mínimos de funcionamento do Mec”, explica.

Ele disse ainda que na segunda etapa terá atuação mais direta nas escolas. “Até o final de abril de 2014 serão elaboradas propostas pedagógicas das escolas, orientação à construção dos Planos de Atividade docente pelos professores, além da implantação do novo modelo de gerenciamento de processos e dos planos de adequação física nas escolas analisadas na primeira fase”, informou Xavier.

A capacitação acontece até a sexta-feira (8) tendo como público alvo os gestores e divisões estratégicas da Seduc.

Data: 05/11/2013

Fonte: ASCOM – SEDUC MA

PNUD confirma continuidade de parceria com o Maranhão

Deixe um comentário

Pedro Fernandes e Maristela Baioni

Pedro Fernandes e Maristela Baioni

Como já anunciado, o Secretário de Educação, Pedro Fernandes, está buscando a renovação da parceria com o PNUD no intuito de continuar melhorando os índices educacionais no Estado. Conversou com o secretário executivo do Ministério da Educação, José Henrique Paim que sinalizou positivamente, mas foi pessoalmente à Casa da ONU, em Brasília, reunir-se com Maristela Baioni, Representante-Residente Assistente para Programa e Coordenadora da Unidade de Políticas Sociais e Cidadania do PNUD.

A Representante confirmou que o PNUD poderá continuar trabalhando com o Estado do Maranhão. Para isso, o Estado deve realizar um plano de trabalho em conjunto com o Programa e se comprometer a acelerar na busca em melhorar os indicadores. Pedro Fernandes disse que o Governo do Estado está comprometido e que o secretário está se envolvendo pessoalmente com o Programa. “Queremos capacitar os diretores das escolas e os professores na área de gestão escolar”, indicou Fernandes.

Em Tempo:

PNUD – O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento executa diversos projetos em diferentes áreas. Neles, o PNUD oferece aos parceiros apoio técnico, operacional e gerencial, por meio de acesso a metodologias, conhecimentos, consultoria especializada e ampla rede de cooperação técnica internacional.

Com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento humano, o combate à pobreza e o crescimento do país nas áreas prioritárias, o PNUD Brasil tem a constante missão de buscar alinhar seus serviços às necessidades de um país dinâmico, multifacetado e diversificado. Os projetos são realizados em parceria com o Governo Brasileiro, instituições financeiras internacionais, setor privado e sociedade civil.

Pedro Fernandes busca nova parceria com PNUD e recursos para transporte escolar

Deixe um comentário

Esquerda pra direita: Luiz Eduardo Rodrigues Alves, José Henrique Paim e Pedro Fernandes

Esquerda pra direita: Luiz Eduardo Rodrigues Alves, José Henrique Paim e Pedro Fernandes

O Secretário de Estado de Educação, Pedro Fernandes, esteve em Brasília reunido com o secretário executivo do Ministério da Educação, José Henrique Paim, e com o diretor de Programa do MEC, Luiz Eduardo Rodrigues Alves. Um dos objetivos do encontro foi a manutenção do projeto de cooperação técnica entre Governo do Estado, ministério e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud).

O PNUD, que encerrou suas atividades na Seduc-MA em agosto deste ano, esteve por dois anos no Maranhão e dividiu suas atividades em três etapas: diagnóstico e necessidades da demanda do Estado; planejamento estratégico para atuar e responder as demandas educacionais; e apoio na execução de algumas ações consideradas estruturantes para mudanças no processo de ensino-aprendizagem.

Pedro Fernandes ressaltou o grande avanço que a Educação do Maranhão conquistou com essa parceria e pediu que fosse prorrogada. “Foi por meio dessa parceria que tivemos muitos avanços, como mapeamento eletrônico e estabelecimento de rotinas. Agora queremos continuar para estruturar melhor as Unidades Regionais (URE’S), focar na área de gestão e na sala de aula, dentre outros projetos que irei encaminhar para o PNUD”, disse.

Transporte Escolar

Outro pleito foi a ajuda com o transporte escolar. “Já fizemos o pedido pelo Simec [Sistema Integrado de Monitoramento Execução e Controle do Ministério da Educação] e pelo PAR [Plano de Ações Articuladas], e estamos aguardando uma resposta positiva do ministério. Estamos pleiteando pelo menos 200 ônibus”, disse o secretário.

O MEC ainda vai confirmar a continuidade da parceria PNUD – Seduc, pois garantiu rever o assunto junto ao PNUD assim que a Secretaria enviar os novos projetos para os quais quer o auxilio do Programa. “O PNUD dá, primeiro, auxílio para estruturação e geralmente deixa as secretarias para que continuem sozinhas, mas em alguns estados eles podem continuar o trabalho. Vamos conversar com os responsáveis pelo Programa”, garantiu o diretor de Programa do MEC, Luiz Eduardo Rodrigues.
Sobre o transporte escolar, o secretário executivo garantiu que o ministério tem os recursos. “Acredito que podemos atender uma parte dos 200 ônibus agora, mas sugiro que para 2014 o Governo do Estado articule emenda de bancada para o transporte escolar. Só assim podemos garantir o atendimento de todo o estado do Maranhão”, afirmou José Henrique Paim.
BOX

PNUD – O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento executa diversos projetos em diferentes áreas. Neles, o PNUD oferece aos parceiros apoio técnico, operacional e gerencial, por meio de acesso a metodologias, conhecimentos, consultoria especializada e ampla rede de cooperação técnica internacional.

Com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento humano, o combate à pobreza e o crescimento do país nas áreas prioritárias, o PNUD Brasil tem a constante missão de buscar alinhar seus serviços às necessidades de um país dinâmico, multifacetado e diversificado. Os projetos são realizados em parceria com o Governo Brasileiro, instituições financeiras internacionais, setor privado e sociedade civil.

Simec (PAR) – O Sistema Integrado de Monitoramento Execução e Controle do Ministério da Educação (Simec) é um portal operacional e de gestão do MEC, que trata do orçamento e monitoramento das propostas on-line do Governo Federal na área da educação. É no Simec que os gestores verificam o andamento dos Planos de Ações Articuladas (PAR) em suas cidades.

 

Data: 25/09/2013
Fonte: ASCOM – SEDUC MA

Older Entries