ias_cocaCerca de 480 professores, coordenadores e supervisores escolares de 81 municípios do Maranhão participam até o próximo dia 3, no Praia Mar Hotel, da capacitação dos programas de Correção de Fluxo (Se Liga e Acelera Brasil), promovida pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), por meio da Supervisão de Projetos Especiais, em parceria com o Instituto Ayrton Senna e Instituto Coca-Cola.

O evento tem como objetivo aprofundar os conhecimentos dos profissionais de educação que já desenvolvem o programa em seus municípios e capacitar os novos educadores para utilização da metodologia nas escolas da rede pública.

Durante a solenidade de abertura, o secretário Pedro Fernandes recebeu homenagem do Instituto Ayrton Senna pelo apoio e compromisso na realização das capacitações dos professores em todo Estado. “Agradeço o secretário Pedro Fernandes pelo apoio e compromisso demonstrados a toda equipe do Instituto. Trabalhar pela educação do Maranhão esta sendo muito gratificante. Tenho certeza que essa parceria contribuiu para melhorar os indicadores educacionais do Estado do Maranhão”, ressaltou a gerente de projetos do Instituto Ayrton Senna, Rita Paulon.

Pedro Fernandes destacou as ações realizadas pela Seduc. “Nosso trabalho sempre foi realizado ouvindo alunos, professores, pais, a comunidade e todos que fazem a educação. A educação só existe por causa do aluno e as coisas acontecem é dentro da escola”, destacou o secretário.

Ele acrescentou que a Seduc vem desenvolvendo um trabalho de formação de profissionais da educação. Disse ainda que uma boa escola é capaz de mudar o ambiente da comunidade. “Nossa equipe não mediu esforços no sentido de fortalecer as metas do planejamento estratégico da Seduc: melhorar o nível de aprendizado; universalizar o ensino médio, implantar o regime de colaboração e combater o analfabetismo”, apontou.

O secretário realçou que o estado vem apoiando os municípios na elaboração de seus planos, implantando diretrizes curriculares em todas as escolas. Capacitação Este ano a capacitação para profissionais que atuam no programa desenvolverá, em sua metodologia, estudos sobre as competências cognitivas e sócio-emocionais, além de apresentação do programa a novos professores, troca de experiências e análise de resultados de alfabetização voltados para leitura e escrita.

Segundo Ana Karolina Salomão, coordenadora estadual do programa, o aluno é o principal foco do trabalho. “Os alunos são os principais atores desse processo, merecem todo nosso cuidado, atenção e compromisso”, finalizou.

 

Data: 31/03/2014
Fonte: ASCOM – SEDUC MA