Representantes da Seduc e entidades parceiras discutiram plano de ação para educação indígena

Representantes da Seduc e entidades parceiras discutiram plano de ação para educação indígena

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) vai desencadear uma série de ações para realizar um levantamento nas comunidades indígenas do Maranhão. O anúncio foi feito, nesta terça-feira (25), pelo secretário Pedro Fernandes Ribeiro a representantes de instituições e entidades convidadas pela Seduc para participar do planejamento estratégico das ações.

Os dados serão usados pela secretaria para subsidiar políticas da educação indígena. Entre elas a utilização do número da unidade consumidora de cada aluno para fazer um planejamento de futuras escolas e localização das existentes.

Para Pedro Fernandes, trata-se de uma ferramenta mais precisa para operacionalizar o planejamento da Seduc e saber onde reside cada estudante. E isso a secretaria pretende levantar nas aldeias beneficiadas com o programa ‘Luz para Todos’ para que os números sejam utilizados no pagamento do transporte escolar e na ampliação do Programa Bolsa Família, explicou.

A ação da Seduc visa, ainda, beneficiar as comunidades indígenas com o Luz para Todos, o Programa Bolsa Família e o projeto Creche, que contam diretamente com cerca de 9,6 mil alunos da educação indígena.

002854O levantamento nas comunidades indígenas do Estado será feito pela Seduc, por meio de uma ação compartilhada com as secretárias adjuntas (Sape/Supemde/Supeind, Staei, Suple/Educacenso), Cemar e a coordenação estadual do Programa Bolsa Família para proceder ao levantamento nas comunidades indígenas do Estado.
As informações foram socializadas com entidades que participarão desta ação com parceiras da Seduc, entre as quais a Polícia Rodoviária Federal, Ministério Público Federal e do Maranhão, as Secretarias de Igualdade Racial, de Direitos Humanos e de Segurança Pública, além de técnicos da educação indígena da Seduc.

O levantamento será realizado no período entre 30 de março e 06 de junho. Participarão da ação 40 servidores da Seduc – 30 técnicos e 10 motoristas, que percorrerão 40 rotas que contemplarão cinco Unidades Regionais de Educação (URE’s) que atendem a 19 municípios com 283 escolas indígenas, além dos gestores e entrevistadores municipais do Programa Bolsa Família.

De acordo com a secretária de Projetos Especiais da Seduc, Conceição Andrade, essa ação objetiva identificar número confiável de cadastrados no Programa Bolsa Família e, consequentemente, o número de alunos matriculados nas escolas indígenas, bem como o número de usuários da Cemar, “o que beneficiará diretamente as comunidades envolvidas”, salientou.

 

Fotos/Lauro Vasconcelos
Data: 26/03/2014
Fonte: ASCOM/SEDUC