O secretário de Estado de Educação, Pedro Fernandes, destacou, nesta segunda-feira (17), em entrevista a uma emissora de rádio, que o Governo do Estado vem realizando um grande trabalho, com apoio da Universidade Estadual do Maranhão (Uema) e União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime-Ma), orientando tecnicamente a todos os municípios maranhenses quanto à elaboração dos Planos de Ações Articuladas (PAR).

Pedro Fernandes ressaltou que a ação é vital para o financiamento junto ao Ministério da Educação, para a construção e reformas de escolas, aquisição de carteiras, lousas, e demais mobiliários, além da formação continuada de professores.

“A missão da Seduc é mais do que atender a sua rede. A sua visão tem que ser sistêmica, por isso tem buscado atingir quatro grandes objetivos: melhorar o nível do aprendizado (da educação infantil ao ensino superior); universalizar o ensino médio; institucionalizar o regime de colaboração entre União, Estado e municípios (como exige a Constituição); e combater o analfabetismo”, apontou.

Ele frisou que a Seduc realizou quatro seminários de Integração Estado e Municípios com objetivo de oferecer às redes municipais de ensino todo o apoio necessário para a melhoria do ensino. “Em regime de colaboração estamos orientando 90 municípios na elaboração ou adequação dos Planos Municipais de Educação, que traçam metas e estratégias para cada realidade municipal. Além disso, há outros 90 municípios aderindo”, informou o secretário.

Pedro Fernandes também ressaltou que o Maranhão realizou 28 conferências intermunicipais de educação, com a participação de todos os 217 municípios. “Nessas conferências discutimos subsídios para a elaboração do Plano Estadual de Educação, que foi consolidado, em articulação com o Fórum Estadual de Educação na Conferência Maranhense de Educação. O plano hoje é referência para outros estados em conformidade com o Plano Nacional de Educação”, realçou.

Valorização

O secretário destacou que o Maranhão é um dos estados que paga aos professores da rede estadual de ensino o Piso Salarial Nacional da categoria e que foi reajustado pelo Governo do Estado em 8,32% este ano.

Sobre as conquistas para os professores, ele ressaltou que foi aprovado o Estatuto do Educador, sancionado pela governadora Roseana Sarney em julho de 2013, que assegura uma série de benefícios, além de gratificações de estímulo para a categoria, segurança na carreira e jornada de trabalho aos docentes.

A Seduc também está trabalhando na formação inicial e continuada do professor e na mediação tecnológica, para proporcionar ao docente acesso a meios e ferramentas de alta tecnologia para transmissão do conhecimento. “Estamos distribuindo 15 mil tablets a professores do ensino médio e kits de videoconferências (programa M-Tec de mediação tecnológica em parceria com a Univima) aos anexos de povoados distantes, atendidos pelo programa”, disse.
Data: 17/03/2014
Fonte: Ascom
..