Secretário Pedro Fernandes reunido com a coordenadora do PNUD, Liliane Marchiorato, com a presença de adjuntos e técnicos da Seduc

Secretário Pedro Fernandes reunido com a coordenadora do PNUD, Liliane Marchiorato, com a presença de adjuntos e técnicos da Seduc

A capacitação de técnicos das Unidades Regionais de Educação (UREs) para a implantação das diretrizes curriculares foi discutida em uma reunião entre o Secretário de Estado de Educação, Pedro Fernandes, secretários-adjuntos e técnicos da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) com a coordenadora do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), Liliane Marchiorato. A implantação das diretrizes é o objetivo de um projeto de cooperação técnica entre o Maranhão e o PNUD, e tem como finalidade aperfeiçoar o processo de ensino e aprendizagem e melhorar os índices educacionais do estado.

Esta semana, a coordenadora do PNUD ministrou a capacitação para um grupo de especialistas de diversas disciplinas. A partir do mês de março, eles atuarão como multiplicadores nas Unidades Regionais de Educação, para habilitar os professores da rede estadual na elaboração dos planos de ensino de cada disciplina, de acordo com as diretrizes curriculares.

O secretário Pedro Fernandes ressaltou que a capacitação dos professores é um dos passos mais importantes nesse processo e que implantar as diretrizes é fundamental para efetivar a educação com qualidade. “As diretrizes curriculares são o grande passo, a grande conquista nossa pra melhorar a educação do Maranhão. Elas vão padronizar a oferta de ensino, garantindo maior equidade de conteúdos e oportunidades aos alunos”, afirma.

A coordenadora técnica do PNUD explica que com as diretrizes curriculares será implantado um padrão básico de aprendizagem, e que a partir da capacitação dos professores esse método será aplicado diretamente no processo pedagógico. “Nós conseguimos dar um avanço muito grande nas atividades, o pessoal realmente está fazendo os encaminhamentos necessários e com isso a gente consegue chegar mais próximo da escola”, declara.

Liliana Marchiorato também elogia o empenho da Seduc nesse processo. “Eu vejo que hoje a secretaria tem um entendimento melhor da importância da implantação de padrão básico e esse entendimento facilita a execução do trabalho, então eu vejo que daqui pra frente a gente só tende a avançar”.

Capacitação dos professores

A capacitação dos professores para a implementação das diretrizes curriculares nas escolas será realizada a partir do mês de março, nas unidades regionais. O trabalho será feito em grupos específicos por disciplina e série. Segundo a secretária-adjunta de Ensino da Seduc, Leuzinete Pereira, na capacitação, os docentes vão conhecer toda a base conceitual e metodológica das diretrizes e as matrizes curriculares de suas disciplinas. A partir daí, eles vão planejar todas as aulas com base nas diretrizes, com as aprendizagens e conteúdos para cada disciplina.

“O professor vai elaborar seu planejamento individual de sala de aula, que é o Plano de Atividade Docente, um conjunto de planos de aula, bimestre a bimestre, com todo o detalhamento das atividades que ele realizará, tudo com base nas diretrizes: os conteúdos por aula, a metodologia, as estratégias que vai utilizar e a forma de avaliar aquele conteúdo”, explica Leuzinete.
Data: 06/03/2014

Fonte: ASCOM/SEDUC
..