Com a participação de supervisores, superintendentes e técnicos, encerrou nesta quinta feira (20) a capacitação sobre mapeamento escolar realizado pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), por meio do acordo de cooperação técnica firmado entre o Governo do Estado, Ministério da Educação (MEC) e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

Por meio da capacitação os técnicos da Seduc estarão aptos a fazer estimativa do número de escolas existentes no Estado, o número de alunos por turma e idade, projeções demográficas de localização das escolas e de matriculas, entre outros.

Na oportunidade foi apresentado um projeto piloto do mapeamento que será colocado em prática no Maranhão. O projeto usou como exemplo o acesso de estudantes com idade média de 15 anos, residentes no eixo Itaqui-Bacanga.

Segundo o consultor do PNUD, Luiz Guilherme Sperry Ribas, engenheiro e especialista em geoprocesamento o mapeamento escolar vai contribuir para melhoria das políticas educacionais do Estado.

“O trabalho de mapeamento escolar realizado pelo Maranhão vai garantir no futuro a implementação das políticas educacionais mais eficazes no sentido de ampliar o número de sala de aulas, verificar as escolas que podem ofertar o ensino médio, detectar espaços ociosos que podem vir a ser ocupados e mapear o fluxo dos alunos”, observou.

“A capacitação é importante porque vai possibilitar o mapeamento de todas as escolas do Maranhão. Por meio da elaboração de um diagnóstico estudaremos a demanda verificando a relação entre a quantidade de aluno e o número de vagas em cada região ou município Dessa forma estaremos aptos a fazer um planejamento mais preciso de construção, reforma e ampliação de escolas em todo Estado”, disse Esclepiades de Oliveira Filho, assessor técnico da Superintendência de Engenharia da Seduc.

Índices

O acordo de Cooperação Técnica firmado com o PNUD tem como objetivo a definição de metas para a melhoria dos índices educacionais do Estado, a partir do diagnóstico elaborado em parceria com o MEC, e pela equipe técnica da Seduc, visando à superação das dificuldades atestadas pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) com vistas a melhorar a qualidade da educação maranhense nas escolas da rede estadual de ensino.

O projeto foi organizado tendo como eixos estruturantes as quatro dimensões do Plano de Ações Articuladas (PAR), estabelecido pelo MEC: gestão educacional; formação continuada de professores e dos profissionais de serviços e de apoio escolar; práticas pedagógicas e avaliação; e infraestrutura física e recursos pedagógicos. Essas dimensões contemplam ações consideradas essenciais ao aprimoramento dos serviços educacionais prestados pela Seduc.

 Data: 20/06/2013

Fonte: ASCOM – SEDUC MA

Anúncios