Seduc promove capacitação sobre Mapeamento Escolar

Deixe um comentário

Capacitação sobre mapeamento escolar promovido pela Seduc e MEC

Capacitação sobre mapeamento escolar promovido pela Seduc e MEC

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc), por meio do acordo de cooperação técnica firmado entre o Governo do Estado, Ministério da Educação (MEC) e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) realizou, nesta terça-feira (23), capacitação sobre mapeamento escolar.

O curso tem como público-alvo supervisores, superintendentes e técnicos da Seduc, que integram a equipe designada à realização do mapa de prospecção das instalações físicas da Seduc. O documento irá nortear a captação e tabulação dos dados referentes às instalações físicas de todos os prédios da Seduc, bem como estimar o número de alunos por turma e idade, projeções demográficas de localização das escolas e de matriculas, entre outros.

O treinamento foi ministrado pelo consultor especial do PNUD, Luiz Guilherme Sperry Ribas. Engenheiro e especialista em geoprocessamento de dados, ele desenvolveu a metodologia que será utilizada para gestão dos dados obtidos por meio do mapeamento.

Segundo o consultor, “o trabalho de mapeamento escolar garante a implementação das políticas educacionais mais eficazes no sentido de ampliar o número de sala de aulas, verificar as escolas que podem ofertar o ensino médio, detectar espaços ociosos que podem vir a ser ocupados e mapear a ocupação de pessoal, visando a distribuição mais eficaz de professores e técnicos”.

Para o Superintendente de Engenharia da Seduc, Luciano Dias, “A oficina é um mecanismo eficaz de aprendizado, que possibilitará diagnosticar as demandas de cada local, realizando de maneira mais precisa as construções, reformas e ampliações das escolas da rede estadual”.

Foto/Orcenil Jr 

Data: 23/07/2013
Fonte: Ascom

Seduc encerra capacitação sobre Mapeamento Escolar

Deixe um comentário

Com a participação de supervisores, superintendentes e técnicos, encerrou nesta quinta feira (20) a capacitação sobre mapeamento escolar realizado pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), por meio do acordo de cooperação técnica firmado entre o Governo do Estado, Ministério da Educação (MEC) e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

Por meio da capacitação os técnicos da Seduc estarão aptos a fazer estimativa do número de escolas existentes no Estado, o número de alunos por turma e idade, projeções demográficas de localização das escolas e de matriculas, entre outros.

Na oportunidade foi apresentado um projeto piloto do mapeamento que será colocado em prática no Maranhão. O projeto usou como exemplo o acesso de estudantes com idade média de 15 anos, residentes no eixo Itaqui-Bacanga.

Segundo o consultor do PNUD, Luiz Guilherme Sperry Ribas, engenheiro e especialista em geoprocesamento o mapeamento escolar vai contribuir para melhoria das políticas educacionais do Estado.

“O trabalho de mapeamento escolar realizado pelo Maranhão vai garantir no futuro a implementação das políticas educacionais mais eficazes no sentido de ampliar o número de sala de aulas, verificar as escolas que podem ofertar o ensino médio, detectar espaços ociosos que podem vir a ser ocupados e mapear o fluxo dos alunos”, observou.

“A capacitação é importante porque vai possibilitar o mapeamento de todas as escolas do Maranhão. Por meio da elaboração de um diagnóstico estudaremos a demanda verificando a relação entre a quantidade de aluno e o número de vagas em cada região ou município Dessa forma estaremos aptos a fazer um planejamento mais preciso de construção, reforma e ampliação de escolas em todo Estado”, disse Esclepiades de Oliveira Filho, assessor técnico da Superintendência de Engenharia da Seduc.

Índices

O acordo de Cooperação Técnica firmado com o PNUD tem como objetivo a definição de metas para a melhoria dos índices educacionais do Estado, a partir do diagnóstico elaborado em parceria com o MEC, e pela equipe técnica da Seduc, visando à superação das dificuldades atestadas pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) com vistas a melhorar a qualidade da educação maranhense nas escolas da rede estadual de ensino.

O projeto foi organizado tendo como eixos estruturantes as quatro dimensões do Plano de Ações Articuladas (PAR), estabelecido pelo MEC: gestão educacional; formação continuada de professores e dos profissionais de serviços e de apoio escolar; práticas pedagógicas e avaliação; e infraestrutura física e recursos pedagógicos. Essas dimensões contemplam ações consideradas essenciais ao aprimoramento dos serviços educacionais prestados pela Seduc.

 Data: 20/06/2013

Fonte: ASCOM – SEDUC MA

Seduc realiza capacitação sobre mapeamento escolar

Deixe um comentário

Com a meta voltada para melhorar a qualidade da educação na rede estadual de ensino e elevar os indicadores educacionais do Estado, foi aberta, nesta terça-feira (4), a capacitação sobre mapeamento escolar para os líderes das dimensões e coordenadores do acordo de cooperação técnica firmado entre o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Ministério da Educação (MEC) e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

Durante o encontro, que contou com a presença do secretário Pedro Fernandes Ribeiro, o consultor do PNUD, Luiz Guilherme Ribas, apresentou um projeto piloto do mapeamento que será implementado no Maranhão. O projeto usou como exemplo o acesso de estudantes com idade média de 15 anos, residentes no eixo Itaqui-Bacanga, ao ensino médio.

A secretária adjunta de Suporte ao Sistema Educacional (Sasse), Consuelo Borges Magalhães, avaliou que o mapeamento escolar é uma visão prospectiva e dinâmica dos serviços educacionais, das instalações e equipamentos ofertados à comunidade onde as escolas estão situadas. Essa avaliação vai garantir no futuro a implementação das políticas educacionais.

Consuelo Borges declarou, ainda, que a elaboração do mapeamento escolar no âmbito local visa à capacitação dos técnicos da Seduc na elaboração de diagnósticos com aprofundamento da situação ano-base; projeção dos números de alunos a serem matriculados à luz dos objetivos das políticas educacionais; e propostas de reorganização dos serviços ofertados pela rede estadual de ensino.

O acordo de cooperação técnica firmado com o PNUD define metas para a melhoria dos índices educacionais do Maranhão, a partir do diagnóstico elaborado em parceria com o MEC, e pela equipe técnica da Seduc, visando à superação das dificuldades atestadas pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) com vistas a melhorar a qualidade da educação maranhense nas escolas da rede estadual de ensino.

O projeto foi organizado tendo como eixos estruturantes as quatro dimensões do Plano de Ações Articuladas (PAR), estabelecido pelo MEC: gestão educacional; formação continuada de professores e dos profissionais de serviços e de apoio escolar; práticas pedagógicas e avaliação; e infraestrutura física e recursos pedagógicos. Essas dimensões contemplam ações consideradas essenciais ao aprimoramento dos serviços educacionais prestados pela Seduc.
Data: 05/06/2013
Fonte: ASCOM / SEDUC MA

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.014 outros seguidores